Dia de charada das mamães...

Na semana do Dia das Mães rolou uma brincadeira bacana na Datacoper. Os colaboradores participaram de um jogo de charadas para conhecer melhor as mamães que trabalham na empresa. A dica era essa: as mamães da Datacoper têm características em comum... quais são elas? Descubra pelas cores das flores que estão nas mesas delas! Podia ser a mãe de filhas de olhos claros, as mães de meninos, as mães de casal ou as mães duas vezes, que já foram mães e são avós!



image003 image004 image005 image006 image007

Depois da revelação das charadas, as mães assistiram um vídeo em homenagem ao dia delas e foram presenteadas com uma lembrança bem cheirosa e uma mensagem singela!

Pode passar o tempo que for, não vai existir nada igual!
Deus foi tão perfeito quando criou um ser sublime tão especial!
Mãe é aquela que gera, é aquela que ama, é aquela que canta canção de ninar e que no abraço faz o medo passar!
Mãe é aquela que adota, que chama de filho, que pega na mão e te ensina a andar, te deita no colo e ensina a amar.


  • 09 May
    2014

Dia para relembrar e curtir!

A semana do Dia do Trabalho foi marcada por bons momentos de comemoração, união e alegria. Então hoje o dia é para relembrar!
Confira o que a galera achou da festa!

MONTAGEM DATACOPER


A confraternização do dia 1 de maio fez jus ao seu real objetivo. Um momento para quebrar as barreiras de indiferença entre os setores da empresa e, em um só ritmo de alegria, esquecemos os desafios do dia a dia do trabalho e focamos apenas em nos divertir. Espero poder viver muitos outros momentos como este, que considero o combustível para fortalecer ainda mais os laços dessa família, que tenho orgulho de dizer que agora faço parte. Sou + Datacoper!
Deivid - Certif/Progress

Com música ao vivo, ping-pong, chopp e uma deliciosa carne... comemoramos o nosso dia! Estava tudo muito bem organizado e bem feito. Interagi com todo o pessoal e dei boas risadas. Adorei!
Aline - Assessora de Marketing
Eu adorei, gostei muito do cardápio, até quero a receita de como fazer. Foi muito legal, divertido e a comida estava maravilhosa.
Andreia - Certificação

Foi muito boa a comemoração do Dia do Trabalhador, além da comida ótima tivemos a oportunidade de ter contato com funcionários de outros setores, muito bate papo, ping-pong, música...
Wesley - Desenvolvimento java

 Obrigada a todos os "datacoperianos" que participaram, curtiram e se divertiram. Até a próxima #festanadatacoper!

  • 08 May
    2014

Voluntários da Datacoper ajudam escola do interior

Junte professores que sabem o que estão fazendo, alunos que querem aprender, pais participativos e orgulhosos, amigos e parceiros que querem fazer a diferença e você terá um resultado impressionante. Sabe qual foi a escolha de adolescentes neste sábado? Ao invés da balada ou da cama, colocaram a mão na massa e trabalharam para fazer o bem... que lição!

O ponto de encontro deste grupo animado e disposto foi no
Colégio Estadual Padre Carmello Perrone, em Cascavel. O mutirão com aproximadamente 20 voluntários, entre pais, alunos, funcionários da escola e da Datacoper, seguiu até a Fazenda Cajati, no Assentamento Zumbi dos Palmares. O grupo foi ao assentamento para montar um laboratório de informática.

Primeiro o colégio recebeu os computadores, doados por empresas que integram o Núcleo de Informática da Acic (Associação Comercial e Industrial de Cascavel), entre elas a Datacoper. E o que seria considerado lixo por muitas pessoas foi reformado para o laboratório do assentamento.

O maior desafio no assentamento foi montar a parte elétrica, que ficou por conta do colaborador da Datacoper Eduardo e de seus parceiros do Projeto EcoEducar. A equipe do colégio registrou todas as etapas deste trabalho e o material será editado para ser divulgado no blog dos alunos com a intenção de incentivar iniciativas semelhantes.

Nas casas de madeira funcionam salas de aulas da Escola Itinerante Zumbi dos Palmares, que atende crianças e jovens. Nas salas de chão batido estudam cerca de 240 alunos da educação infantil, ensino fundamental e médio e do EJA (Educação de Jovens e Adultos).

Informática até então eles só aprendiam na teoria! Para a coordenadora pedagógica Lucimar Calaça, o laboratório será muito importante porque a tecnologia hoje em dia é fundamental para o processo de aprendizagem. Sem dinheiro, mas com conhecimento e boa vontade foi possível fazer esse projeto virar realidade.

O professor Edson Gavazzoni apostou nessa ideia porque acredita que os estudantes vão conhecer o mundo pela internet e pelo dever de formar cidadãos.

Dar aula de história é contar histórias dos outros. Fazer história é contar suas próprias. E pra fazer tem que colocar em prática, conviver, colaborar. Ao invés de falar, fazer juntos. Isso vai marcar a vida desses estudantes.


  • 05 May
    2014
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7

Feito com carinho